quarta-feira, 16 de dezembro de 2009

A verdade oculta do amor




Eu fico pensando em um mundo onde os homens seriam perfeitos, não digo, aquele homem que é príncipe sensível ou ogro machão... mas um homem de respeito.
É desses homens de respeito que o mundo está precisando.

Ele diz: Só tenho olhos pra você meu amor!

(No oculto dos seus pensamentos ele pensa naquela gata selvagem que conheceu semana passada, e ainda consegue lançar aquele olhar irresistível penetrante totalmente apaixonado. Na maior cara de pau, que só ele e a torcida do coríntias tem. Mas guarda dentro dele a verdade oculta do amor. Aquilo que não pode ser dito, nem pode ser colocado no jogo do amor, mas que é peça fundamental desse tabuleiro. Por que sem ela, ele não seria um homem seguro).

Ela diz: Que lindo! Você é o meu homem, único, especial. Te amo, meu amor e sempre vou te amar!....

(Nas entrelinhas ela recorre ao seu eu buscando vestígios que possam demonstrar a verdade nua e crua daquela situação, como o seu coração e a sua mente desejam somente a verdade e nada além da verdade, amém! Mas, o calor da situação mexe com os seus sentimentos e ela fica sem razão. Nesse momento começa a sua triste história de amor).



Sejam bem vindos ao famoso jogo do amor, onde o peão não tem vez, a rainha não tem chão e o rei manda e desmanda sem ceder e sem perdão. Quem vai ser o primeiro a dar o xeque-mate?

REFLEXÃO PESSOAL

Aprendi com a vida que tudo dá certo no final, isso é, se você quiser. Porém o caminhada que nos leva até o “felizes para sempre” pode ser cheia de armadilhas, atalhos, caminhos escuros, meias verdades. E se você não escolher direito, pode acabar com o pé na lama, atolada até o pescoço para sempre...

Ai vai minhas dicas:
Viva a vida como se não houvesse o amanhã.
Cante e dance como se ninguém estivesse te vendo.
Trabalhe como se não fosse precisar do dinheiro.
Ame como se nunca tivesse sido magoado.
Seja feliz sem precisar de um ninguém para se sentir alguém.
Seja mais racional nas suas decisões sentimentais, não se relacione com qualquer gato de botas..

O DRAMA DO AMOR

O que será que ele está fazendo quando não está com você? Quando não está pensando em você ele está pensando no que?

Será que você consegue imaginar? Claro! Você é como todas as mulheres que eu conheço e ainda vou conhecer. Nós mulheres temos apenas um medo: - Sermos traídas. E eles o de não ser especial para alguém, por isso, eles traem. Por que querem provar para si próprios que podem ter quem quiser, mesmo que não sejam desejados. Esse mal acaba pegando em algumas mulheres que já sofreram por amor e acabaram se tornando verdadeiras geleiras, que na maioria das vezes pela infelicidade própria acabam interferindo na felicidade alheia. E não acreditam mais no verdadeiro amor, ele virou APENAS um conto de fadas.

Fico pensando no que aconteceu com a humanidade, onde foi que deixamos o romantismo e aderimos ao estilo POP de viver. Deixamos o amor eterno de lado e achamos no casual a solução para os nossos problemas, e para as nossas crises pessoais. Acredito que nos tornamos seres mais frágeis, menos conquistadores, mais indiferentes.. é.. hoje tudo é descartável inclusive o amor.

Viramos seres tão mesquinhos que só conseguimos pensar se estivermos olhando para o nosso próprio umbigo. Horrível! Terrível! Deplorável! É a nossa triste realidade.

Trair nos dias de hoje virou normal, desejar outro alguém tendo um compromisso serio com alguém é tranqüilo. Sem magoas, sem ressentimentos! Mas, no fundo nos sentimos pessoas horríveis, sem caráter, sem conteúdo, sem razão de viver. Vivendo apenas para suprir as questões momentâneas. E de certa forma longe da felicidade concreta com uma pessoa que nos ama de verdade.

Ainda estou à procura de alguém que vai entender essa pessoa, assim como sou; uma romântica feminista, mulher menina. Será que um dia ainda vou viver uma linda história de amor? Bom, estou lutando para isso, embora não seja fácil. Mas, vamos esperar para ver qual será o desfecho dessa aventura.

A verdade oculta do amor só vai deixar de existir se conseguirmos um relacionamento às claras, falando na real o que pensamos, onde queremos chegar, quais são nossos planos. Sem fantasiar, sem jogar com os peões apenas para prolongar o momento do xeque-mate.

Nenhum comentário: