quinta-feira, 10 de dezembro de 2009

Qual é o sentido da VIDA ???



Minha vida é um longa metragem contado por um sublime narrador, esmero idealizador, cuidadoso arquiteto, sábio estrategista, cuidadoso admirador, amigo presente, pai amoroso, irmão super-protetor e um grande apaixonado por mim, sua obra-prima...

Sonhei escrever versos de amor, desenhar e idealizar como seria lindo aquele dia, um conto imperdível aclamado pelos ventos, disputado a gritos pela platéia, observado pelos seus idealizadores. Escrito no papel reciclado para dar um tom majestoso e sofisticado em caneta tinteiro com letra medieval. Tudo para formatar e padronizar a tão sonhada felicidade. Onde encontraria o meu príncipe montado em um cavalo branco, de braços apertos olhar sereno, confiante, decidido, apenas, esperando um olhar meu em sua direção. Uma atitude sem medir esforços, prever riscos, conseqüências.

Simplesmente se lançar sem temer e desfrutar dessa linda história de amor. Olhares fitos um ao outro contemplando a junção do rio ao mar, onde as águas ficam turvas e se tornam vivas saem da realidade e provam que há coisas inexplicáveis nessa vida. Como as várias formas paradoxais; ter arrepios no calor, ter a sensação de calor no frio, unir o doce do rio ao salgado do mar e ter um encontro perfeito dentro do improvável.

Quando se é criança tudo é lindo, fácil, novo há um mundo a se conhecer e pessoas. Muitas delas, cada uma com sua própria visão. Nossa tudo é perfeito, temos quem cuide de nós e nos tire dos maus caminhos ... mas as coisas começam a tomar forma, mudam, se transformam de varias maneiras distintas e os olhos inocentes são instigados ao saber, ao conhecimento das causas já não são mais confundidos pelo modo simples de se ver a vida.

- A matemáticas tenta resolver os problemas, achar solução para os desafios através de seus cálculos mostrando seus possíveis resultado lógicos e práticos. Estabelece padrões, cria medidas, facilita o comércio com a inovação da moeda que estabelece o valor do dinheiro; na sua soma, divisão, multiplicação e subtração. Mistifica-se na física que confronta pensamentos culturais tentando comprovação racional de A + B para responder alguns dados filosóficos em suas fórmulas e contestações. Na busca do inexplicável mundo das teorias. Inovando conceitos com base nas suas descobertas de matérias; íons, átomos, partículas que facilitaram o desenvolvendo da tecnologia que muda a cabeça e radicaliza a vida normal e cotidiana. Diminui as distancias, facilita o capitalismo com suas engenhocas mirabolantes. Trás a vida formas até então desconhecidas de vida; o stress, a fadiga, o cansaço, as doenças cardíacas. Auxilia na medicina para tentar reverter os danos causados por essas novas fontes do caus. Ajuda nas informações, no bem-estar das pessoas buscando unir o útil ao agradável.

Na fuga do cotidiano contemporâneo descobrimos a literatura tentando reviver na leitura o sabor da infância e suavizar na mente o modo frio e calculista de ver a vida, com seus contos e fabulas. Onde o mundo das palavras toma cor, cria forma, dá assas a imaginação e realiza os sonhos que foram padronizados pela geografia limita-os ao traço fino e imaginário da sua linha longitudinal e latitudinal que permitiu a junção de todos os povos, línguas e tribos. A arte ajuda a desenhar o globo terrestre, dá forma, cor e busca o auxilio da história para nomear os territórios habitados pelos nômades que se tornaram posseiros territoriais formando suas tribos, raças, culturas e religiões. Estabelecendo princípios, dividindo épocas com dados importantes a linha cronológica do tempo que narram à passagem de referencias, personalidades e ícones de diferentes setores da nossa educação e cultura. Lançaram moda, mudaram os figurinos e instigaram a criatividade do ser humano que pode expressar sua maneira de ver a vida através da musicalidade, das peças teatrais, dos esportes, dos quadros, das fotografias, dos filmes... dando um toque de cor, som e novidade a arte renascentista, realista, naturalista, moderna, contemporânea.

Na tentativa de explicar o motivo real da vida são pegos de surpresa pela ciência que já achou um jeito de explicar a origem da vida, derrotar as doenças do corpo, evoluir em sua própria cultura quebrando os falsos costumes e explicando a genética da vida. Delimitando o espaço orbital e descobrindo o infinito do universo.

Relatando suas descobertas pela escrita que serve de instrumento para a comunicação, o estudo, o conhecer sendo o veículo do saber na busca do entender. É o link de tudo.




O muito saber só mostra a nossa necessidade diária em busca do equilíbrio das descobertas, do saber, do conhecer, pois de nada valeria ter o mundo nas mãos e a alma às avessas sem ter um motivo maior para existir se esse não fosse o amor. Mas não qualquer tipo de amor, falo do amor verdadeiro aquele que é incondicional, tudo espera, tudo crê, tudo suporta, que não arde em ciúme, que não se ensoberbece, que prefere dar ao receber, que não se irá facilmente.

A complexidade pede auxilio ao bom senso da maturidade gerada nas aventuras e brilhantes descobertas dessa maravilhosa jornada ao tão sonhado destino. A cada sorriso dado em troca de um caminhão de lágrimas que foram necessárias para dar vida ao enorme rio que preencheu aquele espaço vazio que havia entre o meu castelo e o seu reinado impedindo a minha chegada até você.

Quando pensei ter achado a solução para os meus problemas simplesmente mergulhando nesse rio e atravessando a margem que nos separava me deparei com um mar imenso cheio de perigos, tempestades e ventos contrários. Que por inúmeras vezes me fizeram desacreditar que seria possível atravessar esse caminho e chegar ao meu destino.

Foi no madeiro onde achei a graça e o amor de poder construir uma ponte que trilhasse essa minha caminhada até ti. Nesse momento o sol começou a brilhar novamente e os passarinhos voltaram a cantar aquela nossa canção de amor dando liberdade aos meus pensamentos que se perderam no vento e me tiraram novamente de você e me fizeram perder o foco.

Comecei a me fascinar com as descobertas desse novo caminho esquecendo meu objetivo, você! Eram tantas novidades, me perdi nas cores, nos sons, nas histórias... e você nesse tempo todo como telespectador apenas observava atentamente cada movimento meu e zelava a cada minuto pela minha vida que lhe custou sua própria vida.

Seu perfume me atraiu novamente e me despertou a sua essência que renasceu outra vez em mim, só que dessa vez com mais força, porque não está simplesmente na superfície do meu ser mais sim gravada nas profundezas da minha alma, escrita com letras vermelhas no centro do meu coração para que eu não as tire de lá jamais. Assim, quando sondada pelo meu livre arbítrio possa encontrar a resposta certa nessa consciência consciente daquilo que é certo. E não duvidoso, que estava a pouco, cheia de informações vagando pelo vento, sem um fundamento e nem um firmamento.

Apenas no DIVÃ dessa dança mundana. Foi preciso ouvir no meio da confusão, onde você conseguiu despertar minha atenção me tirando desse fantasioso sonho rumo à sua realidade inocente que foi planejada cuidadosamente por você especialmente para mim. Onde não a do que temer. Encontrei em seus braços abrigo, refúgio, conforto, proteção, amor. E deixei aquele ideal de príncipe quando me firmei em ti e pude ver que sempre tive nas mãos a melhor história de todas que foi escrita antes da criação dos tempos pelo melhor escritor de todos os tempos; você! O autor da vida, minha paixão, meu melhor, meu tudo, o principio e o fim.

Agora possa descansar aliviada das minhas tensões, pois posso ouvir as batidas do seu coração junto ao meu. Minhas lágrimas não são mais de tristeza mais sim de alegria...

Nenhum comentário: